Força tarefa da Policia Federal flagra grupo que realizava segurança clandestina em Aparecida de Goiânia

Força tarefa da Policia Federal flagra grupo que realizava segurança clandestina em Aparecida de Goiânia

A Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Civil, a Corregedoria da Polícia Militar, Batalhão de Operações Especiais (Bope), e Grupo de Radio Patrulha Aérea (Graer), deflagrou nesta sexta-feira uma operação para combater a prestação de serviço de segurança privada clandestina, envolvendo ex-vigiliantes penitenciários e ex-guardas municipais. Segundo as investigações, o grupo, era chefiado por um subtenente da Reserva da Polícia Militar de Goiás, estaria fazendo a segurança armada de uma área situada no setor Virgínia Park, em Aparecida de Goiânia.

No passado, esta área havia sido invadida, e alguns meses atrás os posseiros foram retirados após uma ordem de reintegração de posse. Segundo a PF, o objetivo da operação é o imediato encerramento da atividade ilegal de segurança privada, a autuação em flagrante delito por porte ilegal de arma e eventuais outros crimes, e a identificação de demais envolvidos no exercício dessas irregularidades.

A operação contou com a participação de 16 policiais federais, 32 policiais militares e 17 policiais civis.
Durante as diligências, 10 armas e uma grande quantidade de munições e fogos de artifícios foram apreendidas e nove seguranças foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil. O nome dos detidos não foi divulgado à imprensa.

Deixar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *